Estação Ciência Café

Arquitetos: UNA Arquitetos
Endereço: Lapa São Paulo Brasil
Tipo de projeto: Equipamento Urbano
Status: Construído
Materialidade: Vidro e Metal
Estrutura: Aço
Localização: Lapa, São Paulo, Brasil
Implantação no terreno: Isolado

Café

Localizado na Lapa, um bairro caracterizado por sua ocupação industrial desenvolvida ao longo da via férrea entre Santos – Jundiaí, a Estação Ciência se encontra perto de pontos urbanos importantes como o Mercado Municipal e os terminais de ônibus e trens.

A Estação Ciência é um centro de difusão científica, fundada em 1987, e integrada a USP (Universidade de São Paulo) desde 1990. Uma grande área de exposição para estudantes ocupa um galpão construído no início do século XX que abrigava uma tecelagem. A fábrica tinha vias férreas internas e plataformas de 140 metros associadas aos edifícios, para entrada e saída de produtos. O conjunto, que se encontra em estudo de proteção por parte do órgão de patrimônio histórico, ainda abriga um segundo galpão paralelo que funciona como centro de atividades para deficientes. Entre as duas construções de tijolo existe um espaço aberto, com calçamento de granito e arvores, onde os trens chegavam.

Frente a necessidade de um novo café, a proposta foi implanta-lo no mesmo nível da plataforma coberta, local de entrada e circulação dos visitantes. A qualidade desta paisagem interna definiu o partido de uma nova construção leve, cujo volume respeitasse, e ao mesmo tempo, buscasse destacar a delicadeza do local.

A estratégia da obra foi evitar ao máximo a interferência com o existente, assim optou-se por uma estrutura metálica independente, com 17 metros de comprimento por 3,40 metros de largura e 2,40 de altura. Somente duas estruturas da fundação afloram para apoiar diretamente a nova estrutura suspensa. Uma viga central de cobertura sustenta outra viga de piso, e os planos do solo e do teto estão em balanço transversal. Os fechamentos foram especificados para evitar sobrecargas e deformações: madeira, vidro e persianas metálicas.

Durante o dia, a transparência a partir do espaço interno é total e o volume torna-se opaco para o exterior, a noite fica o inverso. Os painéis de vidro deslizam para promover a entrada ampla através da plataforma e a ventilação natural cruzada. As persianas pivotantes permitem a fácil limpeza dos vidros. O espaço interno é organizado pelo próprio balcão de atendimento, única peça fixa, que abriga todas as instalações e equipamentos para o funcionamento do café.

Outros Projetos


© 2017 - Stec do Brasil  |  Todos Direitos Reservados